Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2015

Tragédia da Boate Kiss completa 2 anos hoje

Imagem
Hoje o incêndio que acabou com a vida de 242 pessoas na Boate Kiss, em Santa Maria, completa 2 anos.

Como diz o ditado, há males que vem para o bem: uma pesquisa feita pela KRC Research e encomendada pela Honeywell Brasil, descobriu que 81% das pessoas entrevistadas dizem ter mudado seu comportamento em locais públicos depois do incêndio na boate gaúcha - seja na adoção de medidas preventivas ou na mudança de mentalidade quando em espaços públicos onde pode haver um incêndio.

Ainda segundo a pesquisa, apesar de a maioria dos brasileiros ter começado a se precaver diante de situações como a vivida na boate Kiss, como procurar saídas de emergência em edifícios e evitar lugares aglomerados, mais da metade permanece sem saber ao certo que tipo de comportamento deve ter durante um incêndio.

Os dados da pesquisa mostram também a influência da repercussão da tragédia em Santa Maria, que gerou temor maior nas pessoas de se envolverem em um incêndio em local público do que em casa, por exemplo.

En…

Qual a diferença entre o extintor veicular BC e o ABC?

Imagem
Desde a aprovação pelo Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) da resolução nº 157 – sobre o uso do extintor de incêndio automotivo com pó “ABC” – os carros produzidos no Brasil ficaram mais seguros contra princípios de incêndio.

Os extintores veiculares antigos são capazes de apagar princípios de incêndio de classes B e C. Entenda-se por classe B os combustíveis líquidos: óleo, gasolina, álcool e outros. E por classe C, materiais elétricos energizados que no automóvel são exemplificados pela bateria do carro e fiação elétrica e outros dispositivos elétricos.

Já os novos extintores de incêndio veiculares com pó ABC são dotados de uma tecnologia que os tornam mais eficientes do que os atuais equipamentos próprios para classes B e C, uma vez que são capazes de apagar princípio de incêndio também da classe A, que são materiais sólidos combustíveis, como revestimentos, estofamentos, pneus, painéis, tapetes, puxadores etc.

Além da maior capacidade extintora, que, de maneira simplificada podem…

Decoração com extintores

Imagem
No final de dezembro, passou a ser obrigatória a utilização do extintor de incêndio com pó do tipo ABC em veículos automotivos.

Por isso, nos próximos meses, muitos extintores BC sairão de cena.

Está sem saber o que fazer com o antigo extintor? Olha só algumas Ideias:



Uma ideia fácil e criativa é transformar o extintor em uma luminária. Basta colocar uma cúpula (comprada em lojas de decoração ou feita em casa por você mesmo).



Outra saída é pintá-lo de uma única cor e aplicar adesivos. A peça fica cool e deixa um ar descontraído ao ambiente.



Ele também pode virar um lindo e diferente vaso de flores!

Inspire-se e solte a criatividade! O importante é reciclar ;)

O perigo das tempestades de verão: trovões

Imagem
O verão é marcado por várias tempestades e trovoadas.

O risco desses eventos é maior nessa época do ano porque o tempo é muito quente e seco. Por isso, é necessária atenção: essas tempestades, muitas vezes, podem levar à ocorrência de incêndios.

Uma característica importante dos incêndios provocados por quedas de raios é que podem se manifestar muitas horas ou dias depois de ocorrer a descarga elétrica,  pois quando o raio cai no terreno pode gerar uma combustão lenta, que se manifestará somente mais tarde, quando as condições meteorológicas facilitarem a propagação. Essa pequena combustão pode iniciar um incêndio florestal.

Assim, após a tempestade, é importante ir até o local em que o raio caiu para eliminar os pontos quentes.