Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2017

Calçados de segurança

Imagem
O uso do EPI para prevenção de acidentes já é bastante conhecido, e mesmo com todas as suas boas características, o uso inadequado ainda é um problema. Como é o exemplo dos calçados de segurança mau utilizados: o uso de um calçado sem biqueira em um ambiente de trabalho onde o risco de queda de objetos sobre os pés é alto, se torna um descaso com a saúde do funcionário, por exemplo.

Devido à grande variedade de modelos, é preciso ficar atento às características específicas do produto e indicações de uso do Ministério do Trabalho, para que não corra riscos de, em vez de o equipamento proteger o usuário, causar uma lesão.

Para atender o mercado de forma mais efetiva, atualmente existem: sapatos, botinas, botas, sandálias, tênis entre outros. Todos voltados para alguma proteção específica e indicados para determinados ambientes e trabalhos O uso dos EPIs está previsto na NR-6 do Ministério do Trabalho!

O Ministério do Trabalho classifica os calçados conforme a função que cumprem:

SB – segura…

O anúncio de um incêndio

Imagem
Os dias vão passando e a precisão em sistemas de detecção de incêndio só melhora!

A proteção e segurança do seu lar começa por uma detecção rápida e eficiente, ajudando quem estiver no ambiente a ter uma reação de fuga mais rápida.

Com a grande evolução tecnológica dos últimos tempos, os produtos para as primeiras etapas de combate ao incêndio e abandono de local estão ficando mais sofisticados. E não é à toa que esses sistemas têm merecido uma atenção especial.

Além de sinais visuais e sonoros, alguns alarmes também têm o poder de acionar dispositivos que ajudam a controlar a fumaça, pressurizar escadas, abrir e fechar portas, acionar sprinklres e etc.

A detecção começa a partir de fenômenos físicos, como o aumento na temperatura do ambiente, e da produção de fumaça e fuligem. Por isso é importante que a sensibilidade do aparelho esteja sempre ajustada para evitar alarmes falsos, ou o atraso do alarme em um incêndio real.

Quando se fala em transmissão e processamento de informações, exist…

Ergonomia é coisa séria!

Imagem
Adaptações nas estações de trabalho são necessárias para garantir o bem estar dos colaboradores.

Tarefas que exigem esforço físico como levantamento e transporte manual de peso, jornadas prolongadas, posturas inadequadas, monotonia e repetitividade, podem causar sérios problemas ao funcionário como a Lesão por Esforço Repetitivo (LER), e Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT). Sabendo disso, é necessário procurar minimizar ou até mesmo extinguir os riscos que essas condições trazem.

O caminho para chegar a essa melhoria começa com a adaptação na estação de trabalho acompanhado de um amplo estudo de ergonomia voltado para o local de aplicação,

O que é ERGONOMIA?

É um estudo científico das relações entre homem e máquina, que visa a segurança e eficiência ideais no modo como uma e outra interagem. É entendido também como a otimização das condições de trabalho humano, por meio de métodos da tecnologia e do desenho industrial.

Isso não quer dizer diretamente que vá mudar o c…

Adaptações e cuidados nas construções antigas

Imagem
Para construções novas, há diversas normas e planos de segurança para serem empregados. E as construções antigas, como ficam? Óbvio, o seu plano de segurança deve ser muito mais criterioso e bem elaborado!

Muitos desses edifícios funcionam hoje como casas culturais, museus e etc, sempre com um muita visitação. Até que ponto essas edificações estão preparadas para receber os visitantes ou lidar com um incêndio?

Em Ouro Preto, a preocupação com o patrimônio histórico é constante. Lá são proibidos até mesmo fogos de artifício. Eventos com grande volume de pessoas são detalhadamente planejados e avaliados.

Legislação específica:

A IT 35 dispõem de medidas de segurança contra incêndios e pânico nos patrimônios históricos, e com ela, outras medidas de segurança também devem ser tomadas para que o ambiente tenha pelo menos as condições mínimas de segurança exigidas pelo estado.

As edificações antigas geralmente são mais vulneráveis pois na época de sua construção havia pouca ou nenhuma exigência …