Postagens

Mostrando postagens de Março, 2017

Como se tornar um bombeiro?

Imagem
O primeiro passo para se tornar um bombeiro militar é passar pelo concurso público. Como, no Brasil, o Corpo de Bombeiros é responsabilidade estadual, os concursos são realizados de acordo com as necessidades e disponibilidade de cada estado, sendo abertas vagas periodicamente.

O grau de dificuldade das provas e a concorrência por vagas também varia de estado para estado e de acordo com a banca organizadora do concurso. As etapas são prova teórica, exame de saúde, exame psicotécnico e investigação social.

O processo de seleção começa com a prova teórica, que aborda geralmente o conteúdo do ensino médio, exceto alguns estados que exigem nível superior ou Carteira Nacional de Habitação (CNH).

Após se classificar dentro do número de vagas pela prova teórica, é preciso apresentar alguns exames de saúde, dentre eles o hemograma, eletrocardiograma, espirometria e teste ergométrico, todos eles para detectar problemas de saúde que impossibilitem o trabalho como bombeiro. Os exames devem ser cust…

É preciso identificar comportamentos de risco

Imagem
É necessário identificar os comportamentos de risco no trabalho antes que eles se tornem acidentes!
Eles são praticados diariamente por indivíduos que não adquiriram o hábito da prevenção. Os comportamentos mais típicos que podemos citar são:
· Executar atividades sem o uso de EPIs;
· Fumar próximo aos produtos inflamáveis;
· Obstruir hidrantes e extintores;
· Não utilizar cinto de segurança ou dirigir veículos em excesso de velocidade e fora das normas de segurança;
· Operar equipamentos sem a devida autorização, capacitação ou habilidade necessária;
· Transportar sobrepeso;
· Utilizar ferramentas ou EPI que já não estejam em condições seguras de uso;
· Agir com desatenção durante a realização da atividade;
· Ritmo acelerado e rotina estressante de trabalho que comprometem a concentração na atividade;
· Improvisar ferramentas ou maquinário.
Geralmente os comportamentos de risco estão associados à falta de percepção e também pela inexistência de métodos e medidas eficientes de proteção e prevençã…

O que é C.A?

Imagem
Todo Equipamento de Proteção Individual, nacional ou importado antes de ser comercializado deve adquirir o respectivo Certificado de Aprovação (C.A), que é a garantia dada pelo Ministério do Trabalho para que o EPI seja considerado de qualidade, e apto para uso.
Isso é: antes de ser colocado a venda todo EPI é submetido a vários testes para garantir durabilidade, conforto, proteção fornecida pelo equipamento, e se após os testes for aprovado, recebe seu respectivo C.A e autorização para ser comercializado
Norma Regulamentadora 6.2: “O equipamento de proteção individual, de fabricação nacional ou importado, só poderá ser posto à venda ou utilizado com a indicação do Certificado de Aprovação – CA, expedido pelo órgão nacional competente em matéria de segurança e saúde no trabalho do Ministério do Trabalho e Emprego.”
Quer garantir mais segurança para o seu ambiente de trabalho? Compre agora mesmo os EPI’s necessários: https://goo.gl/iUWbEQ
Fonte: Segura do trabalho NWN

Quando o não uso do EPI se torna um problema para empresa?

Imagem
O uso do EPI é essencial para garantir a saúde e a proteção do trabalhador, evitando traumas maiores em casos de acidentes de trabalho. Além disso, o Equipamento de Proteção Individual também é usado para garantir que o profissional não seja exposto a doenças ocupacionais que podem comprometer sua capacidade de trabalho e de vida durante e depois da fase ativa na empresa.

Para que uma empresa possa conhecer todos os equipamentos de proteção individual que devem ser fornecidos aos seus funcionários, é necessário elaborar um estudo dos riscos ocupacionais, o que facilita a identificação e neutralização dos perigosos dentro de uma planta industrial.

Quando, por exemplo, o patrão não fornece um protetor auditivo para seu funcionário que trabalha exposto a fortes ruídos e, por causa do barulho extremo ele possa ter perda auditiva, que é irreversível, o empregador pode ser acionado na justiça para indenizar esse empregado.

Sendo assim, vemos o EPI sendo importante do ponto de vista de saúde do…