NASA prevê risco recorde de incêndios na Amazônia

nasa

A NASA divulgou neste ano um relatório sobre a temporada de queimadas na floresta e as previsões são as piores desde 2001, pois o El Niño deixou os oceanos muito quentes e transformou a região em um fósforo gigante.

Os cientistas avaliaram os riscos de fogo comparados aos últimos 15 anos, o perigo de incêndios severos ficou acima de 90% para todos os estados na região amazônica.

O Atlântico quente é um mau sinal, pois além de aumentar a chances de incêndios, ele também potencializa os tornados na America do Norte.

A Nasa explica: sem água suficiente, as árvores reduzem a sua evapotranspiração, diminuindo a umidade na atmosfera, e aí tanto a vegetação quanto a camada de resíduos orgânicos no chão ficam ressecadas.

A esperança dos pesquisadores é que o Atlântico Norte comece a ter temperaturas baixas, assim as chuvas se tornam mais abundantes e jogam um grande balde de água gelada nas previsões da NASA.

Fonte: Super Interessante

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Capacetes: o que cada cor significa?

Você já ouviu falar de piroforicidade?

Quais as diferenças entre os graus de queimadura?