Desmascarando os mitos da câmera IP

câmeras IP

 

Ao buscar mais segurança para sua casa ou lar, é normal se deparar com vários equipamentos e termos pelos quais não se tem entendimento. E quando falamos de câmera, é impossível não ficar cercados de dúvidas.


 Junto com as dúvidas, vêm as pesquisas, e com elas, os mitos, que muitas vezes atrapalham na decisão para a aquisição do equipamento certo.


 Para começar a desembaralhar o problema, vamos falar das câmeras IP:


 - O preço é elevado em comparação com os modelos analógicos!


 Se for levado em consideração apenas o custo da câmera IP, sim, ela é mais cara!


Porém, seu corpo mais robusto pode garantir mais durabilidade e menor investimento em manutenção do que as outras.



- Elas não são confiáveis!


 Uma preocupação é a questão da confiabilidade, devido às câmeras estarem ligadas a uma rede. Os sistemas CFTV geralmente são conectadas em redes exclusivas para esse propósito, aumentando a estabilidade e integridade do sistema.



- Elas estão expostas a hackers?


 Realmente esse perigo existe, mas com a tecnologia da criptografia cada vez mais sofisticada, os riscos são cada vez menores! Outro ponto importante é a adoção de uma política de geração de novas senhas, e por fim a implantação de um firewall para a rede de CFTV.



- Minha rede vai ficar sobrecarregada com o uso de câmeras IP!


 O ideal é usar uma rede paralela exclusiva para a transmissão dos dados de vídeo, deixando a rede de trabalho disponível para as demais funções da organização.


Caso isso não seja possível, é possível compartilhar a rede e gerar fila de prioridades para os pacotes de rede. Não é o cenário ideal, mas pode “quebrar um galho”.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Capacetes: o que cada cor significa?

Você já ouviu falar de piroforicidade?

Quais as diferenças entre os graus de queimadura?