O que faz um ambiente ser perigoso?


Muito é falado de periculosidade e insalubridade. Mas o que é realmente um ambiente perigoso e o que o torna assim?
Quando falamos de segurança no trabalho estamos nos referindo a manter o trabalhador apto para exercer sua função com saúde e segurança. Para isso é que o Ministério do Trabalho criou as Normas Regulamentadoras, que orientam e direcionam as empresas. O problema é que nem todas as empresas estãos dispostas a investir na segurança e orientação do seu pessoal. Isso gera a chamada Condição Insegura, pois o trabalhador fica exposto ao perigo, seja por falhas, defeitos ou irregularidades.
Existem algumas características que transformam um ambiente ou uma função em perigosa para o trabalhador. Listamos as principais características encontradas em variados locais:
- Acesso perigoso (nas alturas como acontece na construção civil, ou quem trabalha no subsolo, por exemplo);
- Excesso de ruído (como no trabalho com britadeiras);
- Falta de higienização;
- Instalações elétricas indevidas;
- Máquinas e ferramentas defeituosas e/ou sem proteção;
- EPI’s em más condições ou inexistentes;
- Má iluminação;
- Piso com problemas, oferencendo riscos de quedas;
- Risco de fogo e explosão.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Capacetes: o que cada cor significa?

Você já ouviu falar de piroforicidade?

Quais as diferenças entre os graus de queimadura?